Especial: "O Início" (Preceito por Preceito) Google+


                                                  É DESSE JEITO !

                           Feliz Sábado Amados Irmãos, é para mim uma satisfação recebê-los aqui em nosso Blog, começamos hoje o Projeto "Preceito por Preceito" de Capítulo a Capítulo da PALAVRA de DEUS.  Se ao final dessa Mensagem você se sentir Abençoado e querer ajudar o Projeto, Compartilhe essa Mensagem (Compartilhe 7+) com 7 pessoas que você queira ver feliz e SALVA. Também venho através desse informativo esclarecer a respeito dos Recursos que estarão Disponíveis em cada Estudo Detalhado deste Projeto:

                        1) É DESSE JEITO ! "Introduções+" - Cada Livro da BÍBLIA é prefaciado com uma introdução, na qual o leitor encontra informações sobre Autor, data, local de escrita, temas principais, mensagem, teologia, etc. Os diferentes gêneros de Livros da BÍBLIA sugerem naturalmente certa variação na ordem, na organização e no conteúdo do material nas diversas introduções aos Livros. Cada uma inclui um esboço do conteúdo do Livro.

                        2) É DESSE JEITO ! "Estilo+" de Parágrafos e Versículos- O Projeto "Preceito por Preceito", aplica uma Estrutura de Parágrafos e Versículos ao Texto Bíblico. A Estrutura foi concebida para se considerar uma porção de Versículos Interligados como um pensamento coerente --- o bloco construtor de uma narrativa ou ideia mais ampla. O número dos Versículos permanecem no interior do Parágrafo. Essa Estrutura Ajuda o Leitor a Compreender o Sentido da Passagem Bíblica, sem desconsiderar o Valor Tradicional da Numeração em Versículos. A Tipografia Facilita a localização dos Números dos Versículos, os quais são formatados em negrito.


                       3) É DESSE JEITO ! "Títulos de Seções+" - Para Ajudar a reconhecer as rupturas naturais de pensamento ou da narrativa, identificando o Conteúdo das Passagens.

            

                       4) É DESSE JEITO ! "VÍDEO+"  do Capítulo do Dia- Os Vídeos+ trarão em áudio, a narração do capítulo do dia.


                      5) É DESSE JEITO! "Sistema de Referências Cruzadas (Cruz+)"- Os Estudos Detalhados "Preceito por Preceito" traz um rico sistema de referências cruzadas. Elas Indicam um ou mais versículos da BÍBLIA que usam a mesma palavra de forma semelhante ou expressam um pensamento parecido. Esse Sistema não foi designado para ser completo e foi desenvolvido de acordo com a opinião dos Teólogos e Editores.

                      6) É DESSE JEITO ! "Nota+ de Estudo"- As NT+ de Estudo são o Coração do Componente "Estudo" deste Projeto. São mais de 12 Mil Notas+ de Estudo (NT+) em Todo o Projeto, acomodadas nos Estudos Detalhados abaixo do Texto Bíblico correspondente. E serão facilmente reconhecidas pelos Sinais NT+. As NT+ Explicam, Definem, Esclarecem e Iluminam algum aspecto da Passagem Bíblica em questão. Às vezes, a NT+ Aborda o conteúdo de uma Passagem mais ampla das ESCRITURAS, que consiste de vários ou muitos versículos. A essas, podem se seguir NT+ referentes a conteúdos mais Específicos de cada Versículo que foi tratado de maneira coletiva na NT+ anterior. Quando a NT+ usa palavras exatas do Texto Bíblico, estas são formatadas em negrito e itálico. Equivalentes atuais para antigos pesos e medidas geralmente são mencionados nas "NT+ de Estudo". É importante frisar que ao Clicar em alguma NT+ vocês serão direcionados a "Estudos Extras+", e farão viagens incríveis no Conhecimento do nosso DEUS.
                                      Muitas vezes, as NT+ fazem Referência a outras Passagens da BÍBLIA. Em algumas situações, uma NT+ de Estudo pode fazer referência direta ao conteúdo de outra. Isso será indicado com clareza pela expressão "Ver NT+ Sobre".


                      7) É DESSE JEITO ! Sistema de Referências Conectadas (N7+): Uma característica única do Projeto "Preceito por Preceito" é o Sistema de Referências Conectadas (N7+) que destaca os Grandes Temas da BÍBLIA  a fim de Facilitar o Estudo Temático. Qualquer Nota de Estudo que se referir a um dos Grandes Temas está marcado pelo ícone (N7+). Uma só Nota (N7+) pode abordar mais de um Tema. Ela conterá uma ou mais palavras em letras maiúsculas, por exemplo, SEGURANÇA, identificando o Tema Abordado. A (N7+) também incluirá Referências-Chaves (RC+) a outra Passagens das ESCRITURAS que falam do mesmo Tema.
                                         
"O Início"

                                        


                                        Gênesis

                            * É DESSE JEITO ! "Introdução+"

                                    O Primeiro Livro de Moisés

                                               * Título

                         O Título do Livro em hebraico é bereshit, "No Princípio", que é a Primeira palavra do texto hebraico. A tradução grega Septuaginta usa a palavra geneseos, "gênese" (2: 4; 5: 1), que foi adotada na Vulgata latina e se tornou o Título da maioria das traduções. Gênesis faz parte do Pentateuco. É um dos Cinco Livros associados a Moisés, os quais o judaísmo e igreja cristã primitiva consideravam um só volume. No judaísmo, o Pentateuco também é conhecido como Torah, ou "Lei", formando uma unidade estrutural cuja base é a história das peregrinações do povo de DEUS e cujo centro é o Livro de Levítico.

                                            * Autor e Data

                        Embora o Gênesis não tenha um autor explícito, o Livro tem forte associação à figura de Moisés, conforme sugerem referências do Novo Testamento (ex., At 15: 1 se refere à circuncisão como "costume de Moisés"; ver também Jo 7: 22). Ao longo da história, a maioria dos intérpretes cristãos e judeus tem identificado Moisés como Autor/ Editor do Pentateuco. Todavia, nos últimos dois séculos, paralelamente à ascensão do racionalismo, essa ideia foi questionada. Usando o método literário da alta crítica da BÍBLIA, eruditos sugeriram que o Pentateuco seria resultado de uma complexa história editorial baseada em no mínimo quatro fontes escritas por autores anônimos entre o 10° século e o 15° século a.C.
                     Considerando a cronologia Bíblica e as evidências internas de Gênesis, é mais provável que o Livro (e o restante do Pentateuco) tenha, de fato, sido escrito por Moisés em algum momento do século 15 a.C. Uma vez que ele certamente não foi testemunha ocular dos acontecimentos narrados em Gênesis (Criação, queda, Dilúvio e História dos Patriarcas), é mais provável que, além de haver Recebido Orientação Divina e Visões, Moisés também tenha consultado coleções de histórias, notas, registros e tradições genealógicas.

                                     *  Conteúdo e Temas

                       Os inícios são um dos Temas Centrais de Gênesis. A terra, o céu, a luz, as trevas, os animais, as plantas, a humanidade, o casamento, o Sábado, a Aliança familiar, o pecado e a SALVAÇÃO --- Tudo isso tem seu Princípio registrado no Livro. Por meio da distribuição cuidadosa de notas genealógicas ao longo do Estudo, o Leitor é Lembrado da Importância dos Princípios (Nascimentos) e da continuidade.
                      Gênesis também é Fundamental para a Compreensão do restante da BÍBLIA. Teologia (DEUS é CRIADOR e SALVADOR), Antropologia (a humanidade foi feita do pó da terra e retorna ao pó), Sociologia (compreensão do casamento, da família e da comunidade mais ampla), Cosmologia (sobre as origens do cosmo) e Soteriologia ( o estudo do Plano da SALVAÇÃO à Luz da Criação e da queda) são apenas algumas das Ideias Fundamentais de Gênesis necessárias para o Entendimento do restante das ESCRITURAS.
                      Outro assunto teológico Importante, que liga a Criação à Recriação, envolve o Tema da desordem-Ordem. Gênesis 1: 2 descreve a Terra em um estado de desordem ("sem forma e vazia"), mas a PALAVRA DIVINA levou Ordem ao caos de Maneira Sistemática, formando e preenchendo tanto o espaço físico quanto o temporal. O Sábado é o Auge da Vida Ordenada e Santificada. No entanto, a entrada do pecado no mundo, conforme vista na narrativa da queda em Gênesis 3, inverteu a Ordem Inicial da Criação, gerando desordem e afetando o homem, a mulher (V. 12) e o restante da Criação (V. 15, 17-19). Uma desordem ainda maior ficou visível por ocasião da Primeira morte humana (4: 8) e quando a depravação da humanidade levou ao Juízo Divino, ocasionando a destruição quase completa do mundo por meio do Dilúvio (Cap. 6-9). Mesmo depois do dilúvio, a desordem continuou a reinar suprema, conforme se pode ver no Juízo Divino de confundir as línguas e dispersar as pessoas (11: 1-9).

                       Gênesis é também um Livro de Promessas. Em Gênesis 3; 15, DEUS Toma a Iniciativa e Promete uma Solução para o Conflito entre a Semente (o Descendente) da Mulher e a semente da serpente. De maneira semelhante, uma Promessa Divina de Proteção e Benção Foi Feita após o Dilúvio (8: 21; 9: 1). A Eleição Divina de Abraão e de seus descendentes e as Promessas Envolvidas nisso (12: 1-3, 7; 13: 15-17, 15: 7-21; 17: 4-8; 22: 16-18; 26: 2-4; 28: 13-14) desempenham um papel importante no desenrolar da história e também se conectam a Deuteronômio, que traz mais Promessas e maldições para o povo (Dt 28-32). Elementos Importantes das Promessas incluem os descendentes, a terra e a intenção Divina de que os israelitas fossem uma fonte de Bençãos para as nações (Gn 12: 3). As Bençãos Divinas em Gênesis são radicalmente centradas em DEUS, e, embora contenham condições, não dependem por completo do comportamento humano.
                      No nível prático, a Devoção pessoal, a Oração e a Adoração desempenham um papel importante em Gênesis. As Orações de Abraão por um filho (15: 1-3), pelas cidades condenadas de Sodoma e Gomorra (18: 16-33) e pelo rei Abimeleque (20: 7, 17, 18) são bons exemplos de Expressão Pessoal da Fé. A Oração do servo de Abraão também foi respondida (24: 12-14, 26, 27, 42-44), bem como a de Isaque em prol da estéril Rebeca (25: 21). As mulheres também Oram em Gênesis, conforme se vê na Oração de Lia por filhos e pelo Amor de seu marido (29: 32, 33; 30: 17) e na Oração semelhante de Raquel (30: 22). Outras Orações poderiam ser acrescentada à lista. O DEUS de Gênesis é um DEUS que Interage com SUA Criação, que Ouve as Orações e Dá SUA Resposta a elas no tempo designado por ELE. Os seres  humanos reagem com Atos de Adoração (8: 20 ff.; 12: 7, 8; 13: 4, 18; 14: 20; 22: 9, 10; 26: 25; 35: 1, 7; 46: 1).

                          Gênesis Apresenta ao Leitor da ESCRITURAS o Caráter de DEUS e SEU Plano para Lidar com a humanidade rebelde. ELE é retratado Criando tanto por meio de Palavras quanto de Ações e Apreciando a multiplicidade de formas e cores encontrada na Criação. O Interesse de DEUS pela humanidade e SEU Cuidado por ela é Enfatizado na Criação do Sábado como Monumento de Descanso de Todas as atividades, uma Oportunidade para Comunhão Ininterrupta entre CRIADOR e criatura.
                          Outro Elemento Importante do Retrato + Amplo das ESCRITURAS Apresentado em Gênesis é o Grande Conflito entre o Bem e o mal. Depois de causar ruptura na Esfera Celestial (Ap 12: 7-9), esse Conflito por fim chegou ao Planeta Terra. A Resposta de DEUS à Crise Foi o Comprometimento com uma Aliança que não envolvia apenas determinados indivíduos e famílias, mas que se destinava a Ser uma Benção para Todas as Nações. A Encarnação de JESUS e a Derrota Completa de satanás, preditas em Gênesis 3: 15, são a Resposta Definitiva de DEUS para o problema do pecado.
                           Em Associação com Apocalipse, Gênesis forma o parêntese que Une Todo o Intervalo Temporal das ESCRITURAS. Entre o Paraíso perdido e o Paraíso Restaurado, o Plano da SALVAÇÃO se desenvolve. Progressivamente, são Apresentados mais detalhes a Respeito desse Plano até a Manifestação do Amor e da Justiça Divinos na Nascimento, Vida, Morte, Ressurreição e Ministério Celestial de JESUS CRISTO.

                              * Propósito e Estrutura Literária


                     Gênesis se caracteriza por uma mudança impressionante do Universal para o pessoal e específico. Gênesis 1: 1-11: 26 se concentra na história antiga e narra a Origem da Humanidade (incluindo a Criação deste Planeta, a queda, o dilúvio Universal e a dispersão dos povos). Gênesis 11: 27- 50: 26 passa a Apresentar a história dos Patriarcas. Em vez de manter o foco na humanidade como um todo, concentra-se em uma só Família, em seus altos e baixos, em seu crescimento e desenvolvimento. O Texto é mais específico e abre espaço para maior definição geográfica e histórica.
                   Outro Elemento Literário Importante é a Expressão ou Fórmula toledoth ("genealogia/história"), que geralmente está relacionada a uma genealogia. Gênesis 1; 1- 11: 26 contém Cinco ocorrências dessa Expressão (2: 4; 5: 1; 6: 9; 10: 1; 11: 10), e há Seis outras nos restante do Livro (11: 27; 25: 12, 19; 36: 1 [repetida em 36: 9]; 37: 2). Em Todos os casos, a Fórmula toledoth introduz ou conclui uma extensa genealogia, ou introduz uma narrativa com uma genealogia inicial resumida, de no mínimo duas gerações (6: 9; 11: 27; 25: 19). A localização dessas expressões fixas na narrativa sugere que foram habilmente incluídas como elos entre as Principais Histórias, introduzindo o bloco construtor das genealogias, tão Importantes na sociedade antiga e muito ligadas à questão de origens.
                   Gênesis Deve Ser Lido e Compreendido no Contexto mais Amplo do Pentateuco como em Todo. O Livro dos Princípios lança a base para os Livros seguintes, que se concentram ainda mais em questões específicas da nação destinada por DEUS para ser o povo da Aliança. Parte significativa dos outros Quatro Livros foca no que e no como da Vida Santa dentro de uma Comunidade Santa. O Intervalo entre Gênesis e Êxodo é cheio de ligações textuais. Gênesis 50 deixa o leitor no Egito, com o Relato da morte e do embalsamento de José. Êxodo 1: 1 Retoma a História no Egito, faz Referência à morte de José e descreve a mudança completa de circunstâncias dos filhos de Jacó no país. O Vocabulário usado para retratar o crescimento de Israel ecoa a Criação (Êx 1: 7; Ver também Gn 1: 22, 28), a Nova Criação da época de Noé (8: 17, 9: 1, 7) e as Promessas aos Patriarcas (17: 6, 20; 28: 3).

                                       "Assim Diz o SENHOR"
                 "Far-te-ei Fecundo Extraordinariamente de Ti Farei Nações, e reis procederão de Ti.
                  Quanto a Ismael, EU te Ouvi: Abençoá-lo-ei, Fá-lo-ei Fecundo e o Multiplicarei Extraordinariamente; Gerará Doze príncipes, e dele Farei uma Grande Nação.
                  DEUS TODO-PODEROSO te Abençoe, e te Faça Fecundo, e te Multiplique para que Venhas a Ser uma Multidão de povos."
                                        (ESCRITURAS SAGRADAS)

                                      


                  * Fiquem com DEUS e se ELE Permitir no Próximo Sábado têm +É DESSE JEITO ! . E não deixe de Ajudar esse Projeto, enviando essa Mensagem para pelo menos 7 pessoas que você Ame e queira que o SENHOR JESUS CRISTO Habite em suas vidas.

               * Bizu É DESSE JEITO ! Amados Irmãos assistam com muita Atenção o Vídeos abaixo, e que as Bençãos do CRIADOR estejam sobre vós.


         

         

                                         igrejas.adventistas.org !