Assim Diz o SENHOR: "Daniel 11" (Preceito por Preceito)

                                                  É DESSE JEITO!                                            

    Feliz Sábado Amados Irmãos, que a Paz do SENHOR DEUS esteja convosco. Hoje é Santo Dia de Estudo Especial do Projeto "Preceito por Preceito" (Especial: O Livro de Daniel) onde estudaremos de uma Forma Detalhada, Tudo sobre o Capítulo 11 de Daniel .  Se ao final dessa Mensagem você se sentir Abençoado e querer ajudar o Projeto "Preceito por Preceito", e só Compartilhar essa Mensagem (Compartilhe 7+) com 7 pessoas que você queira ver felizes e SALVAS. Também venho através desse informativo esclarecer a respeito dos Recursos que estarão Disponíveis em cada Estudo Detalhado deste Projeto: 


                      6) É DESSE JEITO ! "Nota+ de Estudo" (NT+)- As NT+ de Estudo são o Coração do Componente "Estudo" deste Projeto. São mais de 12 Mil Notas+ de Estudo (NT+) em Todo o Projeto, acomodadas nos Estudos Detalhados abaixo do Texto Bíblico correspondente. E serão facilmente reconhecidas pelos Sinais NT+. As NT+ Explicam, Definem, Esclarecem e Iluminam algum aspecto da Passagem Bíblica em questão. Às vezes, a NT+ Aborda o conteúdo de uma Passagem mais ampla das ESCRITURAS, que consiste de vários ou muitos versículos. A essas, podem se seguir NT+ referentes a conteúdos mais Específicos de cada Versículo que foi tratado de maneira coletiva na NT+ anterior. Quando a NT+ usa palavras exatas do Texto Bíblico, estas são formatadas em negrito e itálico. Equivalentes atuais para antigos pesos e medidas geralmente são mencionados nas "NT+ de Estudo". É importante frisar que ao Clicar em alguma NT+ vocês serão direcionados a "Estudos Extras+", e farão viagens incríveis no Conhecimento do nosso DEUS.

                                         
                                              "Assim Diz o SENHOR"
                                             
Imagem da Mão do SENHOR pintando o mundo


                                             Daniel 11 (Estudo 11/12)


           1  Mas eu, no primeiro ano de Dario, o medo, me levantei para o fortalecer e animar.
             2 Agora, eu te declararei a verdade: eis que ainda três reis se levantarão na Pérsia, e o quarto será cumulado de grandes riquezas mais do que todos; e, tornado forte por suas riquezas, empregará tudo contra o reino da Grécia.3 Depois, se levantará um rei poderoso, que reinará com grande domínio e fará o que lhe aprouver.4 Mas, no auge, o seu reino será quebrado e repartido para os quatro ventos do céu; mas não para a sua posteridade, nem tampouco segundo o poder com que reinou, porque o seu reino será arrancado e passará a outros fora de seus descendentes.
             5 O rei do Sul será forte, como também um de seus príncipes; este será mais forte do que ele, e reinará, e será grande o seu domínio.6 Mas, ao cabo de anos, eles se aliarão um com o outro; a filha do rei do Sul casará com o rei do Norte, para estabelecer a concórdia; ela, porém, não conservará a força do seu braço, e ele não permanecerá, nem o seu braço, porque ela será entregue, e bem assim os que a trouxeram, e seu pai, e o que a tomou por sua naqueles tempos.7 Mas, de um renovo da linhagem dela, um se levantará em seu lugar, e avançará contra o exército do rei do Norte, e entrará na sua fortaleza, e agirá contra eles, e prevalecerá.8 Também aos seus deuses com a multidão das suas imagens fundidas, com os seus objetos preciosos de prata e ouro levará como despojo para o Egito; por alguns anos, ele deixará em paz o rei do Norte.9 Mas, depois, este avançará contra o reino do rei do Sul e tornará para a sua terra.
             10 Os seus filhos farão guerra e reunirão numerosas forças; um deles virá apressadamente, arrasará tudo e passará adiante; e, voltando à guerra, a levará até à fortaleza do rei do Sul.11 Então, este se exasperará, sairá e pelejará contra ele, contra o rei do Norte; este porá em campo grande multidão, mas a sua multidão será entregue nas mãos daquele.12 A multidão será levada, e o coração dele se exaltará; ele derribará miríades, porém não prevalecerá.13 Porque o rei do Norte tornará, e porá em campo multidão maior do que a primeira, e, ao cabo de tempos, isto é, de anos, virá à pressa com grande exército e abundantes provisões.14 Naqueles tempos, se levantarão muitos contra o rei do Sul; também os dados à violência dentre o teu povo se levantarão para cumprirem a profecia, mas cairão.15 O rei do Norte virá, levantará baluartes e tomará cidades fortificadas; os braços do Sul não poderão resistir, nem o seu povo escolhido, pois não haverá força para resistir.16 O que, pois, vier contra ele fará o que bem quiser, e ninguém poderá resistir a ele; estará na terra gloriosa, e tudo estará em suas mãos.17 Resolverá vir com a força de todo o seu reino, e entrará em acordo com ele, e lhe dará uma jovem em casamento, para destruir o seu reino; isto, porém, não vingará, nem será para a sua vantagem.18 Depois, se voltará para as terras do mar e tomará muitas; mas um príncipe fará cessar-lhe o opróbrio e ainda fará recair este opróbrio sobre aquele.19 Então, voltará para as fortalezas da sua própria terra; mas tropeçará, e cairá, e não será achado.
           20 Levantar-se-á, depois, em lugar dele, um que fará passar um exator pela terra mais gloriosa do seu reino; mas, em poucos dias, será destruído, e isto sem ira nem batalha.21 Depois, se levantará em seu lugar um homem vil, ao qual não tinham dado a dignidade real; mas ele virá caladamente e tomará o reino, com intrigas.22 As forças inundantes serão arrasadas de diante dele; serão quebrantadas, como também o príncipe da aliança.23 Apesar da aliança com ele, usará de engano; subirá e se tornará forte com pouca gente.24 Virá também caladamente aos lugares mais férteis da província e fará o que nunca fizeram seus pais, nem os pais de seus pais: repartirá entre eles a presa, os despojos e os bens; e maquinará os seus projetos contra as fortalezas, mas por certo tempo.25 Suscitará a sua força e o seu ânimo contra o rei do Sul, à frente de grande exército; o rei do Sul sairá à batalha com grande e mui poderoso exército, mas não prevalecerá, porque maquinarão projetos contra ele.26 Os que comerem os seus manjares o destruirão, e o exército dele será arrasado, e muitos cairão traspassados.27 Também estes dois reis se empenharão em fazer o mal e a uma só mesa falarão mentiras; porém isso não prosperará, porque o fim virá no tempo determinado.
28 Então, o homem vil tornará para a sua terra com grande riqueza, e o seu coração será contra a santa aliança; ele fará o que lhe aprouver e tornará para a sua terra.
          29 No tempo determinado, tornará a avançar contra o Sul; mas não será nesta última vez como foi na primeira,30 porque virão contra ele navios de Quitim, que lhe causarão tristeza; voltará, e se indignará contra a santa aliança, e fará o que lhe aprouver; e, tendo voltado, atenderá aos que tiverem desamparado a santa aliança.31 Dele sairão forças que profanarão o santuário, a fortaleza nossa, e tirarão o sacrifício diário, estabelecendo a abominação desoladora.32 Aos violadores da aliança, ele, com lisonjas, perverterá, mas o povo que conhece ao seu Deus se tornará forte e ativo.33 Os sábios entre o povo ensinarão a muitos; todavia, cairão pela espada e pelo fogo, pelo cativeiro e pelo roubo, por algum tempo.34 Ao caírem eles, serão ajudados com pequeno socorro; mas muitos se ajuntarão a eles com lisonjas.35 Alguns dos sábios cairão para serem provados, purificados e embranquecidos, até ao tempo do fim, porque se dará ainda no tempo determinado.
          36 Este rei fará segundo a sua vontade, e se levantará, e se engrandecerá sobre todo deus; contra o Deus dos deuses falará coisas incríveis e será próspero, até que se cumpra a indignação; porque aquilo que está determinado será feito.37 Não terá respeito aos deuses de seus pais, nem ao desejo de mulheres, nem a qualquer deus, porque sobre tudo se engrandecerá.38 Mas, em lugar dos deuses, honrará o deus das fortalezas; a um deus que seus pais não conheceram, honrará com ouro, com prata, com pedras preciosas e coisas agradáveis.39 Com o auxílio de um deus estranho, agirá contra as poderosas fortalezas, e aos que o reconhecerem, multiplicar-lhes-á a honra, e fá-los-á reinar sobre muitos, e lhes repartirá a terra por prêmio.
           40 No tempo do fim, o rei do Sul lutará com ele, e o rei do Norte arremeterá contra ele com carros, cavaleiros e com muitos navios, e entrará nas suas terras, e as inundará, e passará.41 Entrará também na terra gloriosa, e muitos sucumbirão, mas do seu poder escaparão estes: Edom, e Moabe, e as primícias dos filhos de Amom.
42 Estenderá a mão também contra as terras, e a terra do Egito não escapará.43 Apoderar-se-á dos tesouros de ouro e de prata e de todas as coisas preciosas do Egito; os líbios e os etíopes o seguirão.44 Mas, pelos rumores do Oriente e do Norte, será perturbado e sairá com grande furor, para destruir e exterminar a muitos.45 Armará as suas tendas palacianas entre os mares contra o glorioso monte santo; mas chegará ao seu fim, e não haverá quem o socorra.
                                                        AMÉM !!!

                        É DESSE JEITO! "Áudio+"





                                                             
Imagem de uma placa de atenção, anunciando o início do Sistema de Referências Cruzadas "CRUZ+"
         
                                                                     
                          11: 1 (no primeiro ano/ Dario, o medo) CRUZ+ (Daniel 9: 1/ Daniel 5: 31).

                          11: 3 (rei poderoso/ fará o que lhe aprouver) CRUZ+ (Daniel 7: 6; 8: 5/ |Daniel 8: 4; 11: 16, 36).

                        11: 4 (seu reino será quebrado e repartido para os quatro ventos do céu/ nem tampouco segundo o poder com que reinou) CRUZ+ (Jeremias 49: 36; Ezequiel 37: 9; Daniel 7: 2; 8: 8; Zacarias 2: 6; Apocalipse 7: 1/ Daniel 8: 22).

                        11: 10 (arrasará tudo e passará adiante/ à fortaleza do rei do Sul) CRUZ+ (Isaías 8: 8; Jeremias 46: 7-8; 51: 42; Daniel 9: 26; 11: 26, 40/ Daniel 11: 7).

                        11: 11 (exasperará, sairá e pelejará contra ele, .../ multidão será entregue nas mãos daquele) CRUZ+ (Provérbios 16: 14/ Salmos 33: 10, 16).

                       11: 14 (cairão) CRUZ+ (Jó 9: 13).

                        11: 15 (levantará baluartes e tomará cidades fortificadas; ...) CRUZ+ (Jeremias 6: 6; Ezequiel 4: 2; 17: 17).

                     11: 16 (fará o que bem quiser/ ninguém poderá resistir a ele) CRUZ+ (Daniel 8: 4, 7/ Josué 1: 5).

                      11: 17 (Resolverá  vir com a força de todo o seu reino, .../ nem será para a sua vantagem) CRUZ+ (2 Reis 12: 17; 2 Crônicas 20: 3; Ezequiel 4: 3, 7/ Daniel 9: 26).

                      11: 19 (tropeçara, e cairá/ e não será achado) CRUZ+ (Salmos 27: 2; Jeremias 46: 6/ Jó 20: 8; Salmos 37: 36; Ezequiel 26: 21).

                      11: 21 (levantará em seu lugar um homem vil, ...) CRUZ+ (Daniel 7: 8).

                    11: 22 (inundantes serão arrasadas diante dele;.../como também o príncipe da aliança) CRUZ+ (Daniel 9: 26/ Daniel 8: 10-11).

                    11: 23 (usará de engano; ...) CRUZ+ (Daniel 8: 25).

                    11: 27 (tempo determinado) CRUZ+ (Daniel 8: 19; Habacuque 2: 3).

                   11: 30 (porque virão contra ele navios de Quitim, ...) CRUZ+ (Gênesis 10: 4; Números 24: 24; Isaías 23: 1, 12; Jeremias 2: 10).

                   11: 31 (que profanarão o santuário, ...) CRUZ+ (Daniel 8: 11-13; 12: 11).

                   11: 35 (para serem provados, purificados e embranquecidos, até ao Tempo do Fim) CRUZ+ (Deuteronômio 8: 16; Provérbios 17: 3; Daniel 12: 10; Zacarias 13: 9; Malaquias 3: 2-3).

                  11: 36 (levantará, e se engrandecerá sobre todo deus; ...) CRUZ+ (Daniel 7: 8, 25).

                   11: 37 (nem a qualquer deus, porque sobre tudo se engrandecerá) CRUZ+ (Isaías 14: 13; 2 Tessalonicenses 2: 4).

                 11: 40 (Tempo do Fim/ com carros/ cavaleiros e com muitos navios, ...) CRUZ+ (Daniel 11: 27, 35; 12: 4, 9/ Isaías 21: 1/ Ezequiel 38: 4; Apocalipse 9: 16).

                11: 41 (Edom, e Moabe, e as primícias dos filhos de Amom) CRUZ+ ( Isaías 11: 14).

                11: 42 (Egito não escapará) CRUZ+ (Joel 3: 19).

                11: 43 (o seguirão) CRUZ+ (Êxodo 11: 8).

                 11: 45 (o glorioso monte santo/ mas chegará ao seu fim, ...) CRUZ+ (Salmos 48: 2/ Apocalipse 19: 20).
                    


Imagem da PALAVRA de DEUS aberta anunciando o início do Sistema de Notas + de Estudo "NT+"
 "{NT+} de 11: 1-45. Daniel 11 é um dos capítulos da BÍBLIA + difíceis de se interpretar. Os acontecimentos descritos são, com frequência, condensados e vagos, levando às + diversas  interpretações. Existe uma concordância majoritária quanto à primeira parte; contudo, à medida que o capítulo avança, as divergências se multiplicam inclusive entre os que compartilham a mesma visão teológica. Embora nem todos os detalhes fiquem claros, a Mensagem Básica é que DEUS é o SENHOR da história e, a despeito dos governantes terrenos e de suas ações, ELE Vencerá o mal e Salvará SEU povo. Daniel 11 apresenta muitos paralelos com os cap. 8 e 9.
Os intérpretes que se pautam pela abordagem histórica contínua, como este Sistema de Estudos, costumam considerar que o capítulo tem início com império persa, seguido pela Grécia, em particular, com duas das quatro grandes divisões do império grego após a morte de Alexandre, o Grande. Estas duas divisões, os selêucidas ("rei do Norte", v. 6-15, com sede na Síria) e os ptolomeus ("rei do Sul", v. 5-15, com sede no Egito), interagiam uma com a outra e com a terra de Israel. A Grécia foi sucedida por Roma imperial, depois Roma eclesiástica e, por fim, por um poder político/religioso apóstata.


           11: 2. ainda três reis se levantarão na Pérsia. Diferentemente da apresentação dos cap. 2, 7 e 8, est profecia é narrada em linguagem literal acerca da história futura em grandes detalhes, sem representação simbólica dos poderes por meio de estátuas, animais ou outros itens semelhantes. Daniel recebeu a profecia durante o reinado de Ciro (10: 1), e os três reis medo-persas seguintes foram Cambisses (reinou de 530 a 522 a.C.), Gaumata ("falso Bárdia/Esmérdis, 522) e Dario l (522-486). Em Daniel 11 fala-se dos governantes sem citar nomes, por isso devemos identificá-los pelas descrições. Embora a primeira parte do capítulo seja relativamente clara, à medida que ele avança, torna-se cada vez + difícil identificar as pessoas exatas e os acontecimentos a que o texto se refere. empregará tudo contra o reino da Grécia. O quarto rei depois de Ciro foi Xerxes (486-465 a.C.). Ele planejou uma grande invasão à Grécia, que acabou falhando.


        11: 3 Depois, se levantará um rei poderoso. Este é Alexandre, o Grande (336-323 a.C.), cujo império foi dividido em quatro reinos gregos (v. 4; comparar com 8: 8, 21, 22). Observe que, após a Pérsia , sob a liderança de Xerxes, perder a batalha para a Grécia (11: 2), o cap. 11 ignora todos os outros reis persas (de 465 a.C. em diante) e parte diretamente para o império grego (a partir de 330 a.C.).


         11: 5 rei do Sul. Ptolomeu l Sóter (305-285 a.C.), da dinastia grega ptolomaica que governou o Egito, no sul da Palestina. um de seus príncipes. Seleuco l Nicator (305-281 a.C.), general de Alexandre que se tornou governante da Babilônia. Ele foi expulso e fugiu para o Egito, mas Ptolomeu o ajudou a reconquistar Babilônia. Seleuco expandiu muito seu domínio e fundou a dinastia selêucida, com capital na Síria, no norte da Palestina. Portanto, os reis de sua dinastia são os reis do Norte do cap. 11. O fato de Seleuco ter se subordinado a Ptolomeu por um tempo explica por que ele é chamado de "um de seus príncipes".


     11: 6 eles se aliarão. Antíoco ll Teos (261-246 a.C.) e Ptolomeu ll Filadelfo (285-246 a.C.) fizeram uma aliança, selada por meio do casamento de Antíoco com Berenice, filha de Ptolomeu ll. rei do Norte. Referência ao território de Seleuco, localizado no norte de Israel. Observe que o povo de DEUS ficou preso no meio, entre o Norte e o Sul.


          11: 9 avançará contra o reino do rei do Sul. Em 242 a.C., Seleuco ll Calínico (246-225 a.C.) tentou se vingar da invasão de Ptolomeu lll, mas fracassou.


         11: 10 Os seus filhos farão guerra. Os filhos de Seleuco ll que guerrearam contra o Egito foram Seleuco lll (225-223 a.C.) e Antíoco lll, o Grande (223-187 a.C.).

11: 13 porá em campo multidão maior do que a primeira. Antíoco lll se recuperou e fez preparativos para atacar novamente o Egito, naquele momento, sob o controle de Ptolomeu V (205-180 a.C.), um menino de apenas seis anos de idade.


      11: 14 se levantarão muitos contra o rei do Sul. Durante o reinado do jovem Ptolomeu V, muitos egípcios se rebelaram contra os senhores gregos. A Pedra de Roseta registra as concessões que os regentes de Ptolomeu fizeram a eles.


    11: 15 O rei do norte virá. Antíoco lll derrotou um exército egípcio bem capacitado e cercou as forças egípcias restantes em Tiro.


    11: 16 estará na terra gloriosa. Antíoco lll tomou a Palestina (comparar com v.  41, 45; 8: 9), antes sob domínio do Egito.


     11: 17 e lhe dará uma jovem em casamento, para destruir o seu reino. Após se apropriar de mais territórios, Antíoco lll selou um tratado de paz com Ptolomeu V, dando sua filha, Cleópatra, em casamento a ele.


11: 18 as terras do mar [...] um príncipe. A palavra hebraica traduzida por "príncipe" neste versículo pode se referir a um líder civil (Miquéias 3: 1, 9) ou um comandante militar (Juízes 11: 6, 11).


 11: 19 tropeçará, e cairá. Antíoco lll foi assassinado em 187 a.C., enquanto tentava saquear o tesouro de um templo, aparentemente para pagar tributos a Roma.


   11: 20 Levantar-se-á, depois, em lugar dele, um que fará passar um exator pela terra mais gloriosa do seu reino. Ou, "E se levantará em sua função um que fará um opressor passar pelo esplendor do reino." Além desta ocorrência, a expressão "esplendor do reino" só ocorre em Salmos 145: 12, para se referir ao esplendor do reino de DEUS ("glória da majestade do teu reino"). Caso o sentido seja o mesmo em Daniel 11: 20, este versículo se refere a alguém que se opõe ao SENHOR por meio da opressão/perseguição de seu povo (comparar com a mesma palavra hebraica em Êxodo 3: 7; Isaías 14: 2, 4). Antíoco lV Epifânio (175-164 a.C.) se enquadra na descrição: ele ficou conhecido por oprimir os judeus a partir de 167 a.C., mas eles derrotaram seus exércitos e assumiram o controle da Judeia (ver 1 e 2 Macabeus). Logo depois disso, ele morreu doente (164 a.C.).


          11: 21-39 Esta longa passagem sobre o governante "vil" e blasfemo combina com a descrição do caráter e das atividades do chifre pequeno encontrada nos cap. 7 e 8 de Daniel. A pessoa "vil" não é explicitamente chamada de "rei do Norte" nesta parte do cap. 11.


        11: 36 fará segundo a sua vontade. Segundo Daniel, os reis orgulhosos costumam agir segundo a própria vontade, perdendo o controle.


          11: 40-45 Este texto retrata as tentativas do inimigo de DEUS no tempo do fim de estabelecer um controle duradouro sobre todo o mundo. Os acontecimentos futuros precisos são conhecidos somente pelo SENHOR.  A BÍBLIA não faz predições proféticas para que as pessoas especulem acerca do futuro, mas para lhes fortalecer a fé após as profecias se tornarem realidade (ver as Palavras de JESUS em João 14: 29).


          11: 41 Edom, e Moabe, e [...] Amom. Nações vizinhas, localizados no leste e no sul da terra de Judá. Eram ligadas a Israel por laços familiares patriarcais.


11: 45 o glorioso monte santo. Esta expressão designa o monte do templo, localizado na cidade de Jerusalém. chegará ao seu fim. Por causa da ascensão de Miguel (12: 1). Este poder será destruído na segunda vinda de CRISTO ( 2 Tessalonicenses 2: 8; Apocalipse 19: 19, 20).




                                      igrejas.adventistas.org

   #NovoTempo              

                  * Fiquem com DEUS e se ELE permitir no Próximo Santo Dia, têm +É DESSE JEITO !  (Preceito por Preceito/Especial: O Livro de Daniel 11/ 12 )