Super Especial: "A Chave do SUPREMO PERDOADOR" Google+

É DESSE JEITO !!!

"Assim Diz o SENHOR"
"Tem MISERICÓRDIA (Perdão que Não Mereço) de mim, ó DEUS, Segundo a TUA Benignidade; Apaga as minhas transgressões, Segundo a Multidão das TUAS MISERICÓRDIAS (Perdão que Não Merecemos)."
(Salmo 51: 1/PALAVRA DE DEUS)

                      "A psicologia, a fisiologia e as neurociências têm procurado chegar a uma compreensão da ira e do controle da ira. Embora muitas de suas descobertas sejam aceitáveis aos Cristãos, algumas não o são. Até mesmo conselheiros cristãos têm esposado conceitos que outros cristãos rejeitam. A Maioria dos Cristãos Acertadamente insiste em que uma Visão Teológica da Administração da ira deve ser parte da Equação.
                      O Psicólogo Cristão Archibald D. Hart fala acerca da Chave para Controlar a ira. "Creio que o Perdão é a Resposta do Novo Testamento ao problema da ira. O conceito que o Perdão encerra a Maior Promessa para Auxiliar-nos a resolver efetivamente os Sentimentos de ira, uma vez que tenham surgido. O Perdão está no Âmago do EVANGELHO de CRISTO. É o Gênio do Cristianismo, e não sem razão. DEUS Sabe quem e o que somos, e Tem Dado e Demonstrado Perdão de Maneira Notável. ELE Sabe que precisamos de Perdão, tanto para que nós mesmos O Recebamos, como para dá-Lo a outros. [...] Como psicólogo, estou Convencido de que Saber Receber e Dar Perdão é Essencial para o Problema da ira."




Perdão
                              + igrejas.adventistas.org !                 


                                O Perdão não é uma qualidade humana inata. Como uma qualidade que Só DEUS Possui, Ele é SUA Dádiva para nós. Perdoamos aos outros quando SEU Perdão Transborda de um Coração Agradecido.
                                Descobri que a Chave para o Controle da ira está cuidadosamente entretecida nas Bem-Aventuranças de JESUS. Ao meditar sobre essa parte do Sermão do Monte, Aprenderemos como Usar a Chave.

                                        * Considere a Primeira Bem-Aventurança.

                               "Bem-Aventurados os humildes de espírito, porque Deles É o Reino dos Céus" (Mateus 5: 3/PALAVRA DE DEUS).

                                "Você é Bem-Aventurado quando está no fim dos seus recursos. Com menos espaço para você, há mais para DEUS e SUA Soberania" (Versão Message).

                                "Felizes são as pessoas que Sabem que são espiritualmente pobres, pois o Reino do Céu é delas" (NTLH).

                                Um dos meus filhos gosta de astronomia. Ele leva o seu potente telescópio para fora, numa noite limpa, e perde a noção do tempo quando contempla os corpos celestes. Já o acompanhei várias vezes. Discutimos o universo de galáxias sempre em expansão e suas incompreensíveis distâncias. Minha altura de 1,80 m nada é, comparada ao oceano de luzes celestes. Sou meramente uma partícula na vasta expansão do espaço.
                                 Colocar-me na Presença de JESUS através do Estudo da BÍBLIA me dá a mesma sensação de insignificância. SEU Imaculado Caráter, Espírito Gentil e SEU Modo Aberto de Aceitar a Todos me torna um anão espiritual. Olho para a minha vida estragada e entendo que desapontei meu SENHOR. Não posso gabar-me de nenhuma virtude. Convencido das minhas deficiências, reconheço minha condição pecaminosa.
                                 Ao Concentrar-me na Bondade de DEUS, percebo a "trave" no meu olho (Ver Mateus 7: 3-5). Entendendo que DEUS é o Único Capaz de Removê-la, Ajoelho-me contrito aos Pés de JESUS e Confesso minha nudez moral. Ao Explorar as ESCRITURAS, Descubro que Não estou só na minha sensação de insignificância.
                                 O Profeta Isaías teve uma Visão na qual Entrou na Presença de DEUS. Exclamou: "Ai de mim! Estou perdido! Porque sou homem de lábios impuros" (Isaías 6: 5/ESCRITURAS SAGRADAS). Comparecendo Perante DEUS, Sentiu que todas as suas falhas de caráter se tornavam manifestamente perceptíveis. Diante do MESTRE, viu a própria fragilidade.
                                 O Apóstolo Paulo Se Encontrou com JESUS numa estrada. Sua justiça própria evaporou-se. A partir de então, passou a chamar-se de o principal dos pecadores. Ensinou à Infante Igreja que a cobertura da Santidade de JESUS é o Único Manto Aceitável.


                               Quando eu era menino, um Pastor sugeriu que eu passasse tempo cada dia Estudando a Vida de JESUS. Na época, não entendi a razão. Agora Percebo que Contemplar o SALVADOR me Ajuda a Reconhecer a minha própria pobreza espiritual. Essa Compreensão é básica para Perdoar os outros, porque Abre o Canal para Receber o PERDÃO de DEUS, que Flui Constantemente.

                               A Segunda Bem-Aventurança Mostra o Resultado Lógico de sentir nossa pobreza espiritual.. "Bem-Aventurado os que choram, porque Serão Consolados" (Mateus 5: 4). Alguns comentaristas da BÍBLIA usam Essa Bem-Aventurança para mostrar que DEUS Consola aqueles que lamentam a Perda de um relacionamento valioso. Não tenho dúvida quanto ao Consolo de DEUS durante o luto, Mas a Primeira Bem-Aventurança parece estar falando da Vida Espiritual, e portanto o choro dessa Bem-Aventurança tem que ver com a Consciência que temos de nossa pobreza espiritual.
                                Ao comparar minha vida com a Vida Perfeita de JESUS, vejo minha carência de dar dó. A compreensão que parti o Coração de DEUS com meu egocentrismo abala-me o coração. Lamento minha obstinada resistência ao SEU Eterno Amor. A tristeza me domina quando penso em como desperdicei os recursos do Amor Abnegado.
                                A despeito de eu ter perdidos oportunidades de desfrutar o Amor de DEUS, ELE me leva a me Arrepender e a Confessar minha rebelião. Essa Confissão remove o bloqueio que obstrui a passagem do Eterno Perdão de DEUS para dentro de minha alma. A Certeza que ELE Lavou meus pecados Traz Extremo Conforto. JESUS Remove minha vergonha e culpa. Ainda posso lamentar certas ações, mas não tenho dúvida quanto ao "PERDÃO do SUPREMO PERDOADOR". Essa Certeza Significa que não me lamentarei por não ser capaz de Perdoar a mim mesmo. O Conforto do Perdão Total Pavimenta o Caminho para a Experiência da Terceira Bem-Aventurança: "Bem-Aventurados os mansos, porque Herdarão a Terra" (Mateus 5: 5/PALAVRA DE DEUS).
                               A Mansidão é possível porque a Dádiva do Perdão de DEUS me Inunda a Vida com calma. A turbulência interior cessa. A amargura, o ressentimento e a ira arraigada são sepultados. Essa mansidão dentro da vida produz gentileza para com os outros.
                               A Pessoa Perdoada Abandona o Último Vestígio do eu, Abrindo a Vida à Tranquilidade do ESPÍRITO SANTO. ELE Passa a Transformar a Vida Interior, da ansiedade para a Paz, da preocupação para a Segurança, e dos melindres e da irritabilidade para a Mansidão.


                            O Perdão é um Processo Constante em situações pessoa a pessoa. Ao longo da Vida, sempre encontraremos algumas ofensa para Perdoar.
                             Até incidentes isolados de provocação podem, às vezes, exigir tempo para o Perdão Completo. Por esse motivo, o Cristão Busca Diariamente o Poder de DEUS para Perdoar os outros.
                            E, ao fazermos assim, constantemente nos surpreendemos diante do Eterno Perdão de DEUS. Anelamos apropriar-nos do Suprimento sempre crescente de SUA Bondade. Embora a Vida sem vingança e ressentimentos possa ser rica, sem a Graça de DEUS somos espiritualmente pobres demais para ter Paz com os outros. A Quarta Bem-Aventurança Diz: 

                          "Bem-Aventurados os que Têm Fome e Sede de Justiça, porque Serão Fartos" (Mateus 5: 6/PALAVRA DE DEUS).

                          "Felizes as pessoas que Têm Fome e Sede de Fazer a Vontade de DEUS, pois ELE as Deixará Completamente Satisfeitas" (NTLH).

                          "Vocês São Abençoados quando Têm um Bom Apetite para com as Coisas de DEUS. ELE é Comida e Bebida na Melhor Refeição que vocês poderiam tomar" (Versão Message).

                              Ponto culminante na Jornada Cristã, essa Bem-Aventurança nos Permite ter uma perspectiva das provocações da Vida. É aqui onde Aprendemos a Decidir o que Permitiremos que nos aborreça, como reagiremos e como encontraremos a melhor oportunidade de reconciliação. Investir tempo nesse Píncaro Espiritual proporciona a oportunidade de fazer uma Boa escolha que beneficiará tanto o ofendido quanto o ofensor.

                             JESUS Usou as Palavras "Fome" e "Sede" para Descrever a Natureza do Anseio que Devemos Ter pela Justiça. Isso me sugere um forte impulso no sentido de Receber a Força Necessária para Vencer um comportamento inconveniente de ira. DEUS nos Perdoa, Mas Também nos Dá o Poder de Seguir-LHE o Exemplo. Quando Experimentarmos a Alegria de Perdoar e de Sermos Perdoados, Desejaremos Continuar Saboreando Essa Alegria.


                              * As Primeiras Quatros Bem-Aventuranças Descrevem o Esvaziamento do eu, para Permitir que DEUS nos Encha com SUA Graça. Então, ELE nos Dá Tanta Graça que Ela Transborda para os outros, Abençoando-os. As Bem-Aventuranças Cinco, Seis e Sete Descreve nossas Atitudes para com os outros como Resultado de um Transbordamento.

                                Os pecadores que Recebem  a Dádiva do Eterno Perdão de DEUS Transbordam Bençãos para os outros. Dirigidos pelo ESPÍRITO SANTO, Revelam Misericórdia para os que lhes são hostis. Serão Sinceros no seu Desejo de Restaurar relacionamentos, e serão Pacificadores sob Todas as Circunstâncias.
                                Alguns cristãos têm dificuldades com o Perdão. Têm a idéia de que devem Perdoar aos outros Antes que DEUS lhe Perdoe. Mas essa mentalidade orientada para as obras Não É Lógica. Somente quando Percebo minha própria pobreza espiritual e Abro a Vida para o Perdão Eterno de DEUS, é que tenho algo para dar aos outros. Quando DEUS me Perdoa, parte da Dádiva Inclui o Desejo de ser Compreensivo, Solidário e Misericordioso para com os outros.

                                                "Assim Diz o SENHOR"
                                 "Eu porém Cantarei a TUA Fortaleza; pela manhã Louvarei com Alegria a TUA MISERICÓRDIA (Perdão que Não Merecemos); Porquanto TU Foste o meu Alto Refúgio; e Proteção no dia da minha angústia.
                                  A TI, ó Fortaleza minha, Cantarei Salmos; Porque DEUS é a minha Defesa, e o DEUS da minha MISERICÓRDIA (Perdão que Não Mereço)."
                                            (Salmos 59: 16-17/PALAVRA DE DEUS)

                                                         AMÉM !!!

                                  + igrejas.adventistas.org !

                                                  * Cantemos:

                                 


                         * Feliz Sábado; Fiquem com DEUS e se ELE Permitir durante a semana tem + É DESSE JEITO ! 

#NovoTempo


                  + Facebook   + Pinterest   + GloballShare   + Google Plus  + DEUS !