Especial : "A Coroação do FILHO de DEUS!" Google+


É DESSE JEITO !



A Coroa

                                                      * A Coroação de CRISTO

                                 Agora CRISTO de novo aparece à vista de SEUS inimigos. Muito acima da cidade, sobre um fundamento de ouro polido, está um Trono, alto e sublime. Sobre este Trono Assenta-SE o FILHO de DEUS, e em redor DELE estão os súditos de SEU Reino. O Poder e Majestade de CRISTO nenhuma língua os pode descrever, nem pena alguma retratar. A Glória do PAI Eterno envolve SEU Filho. O Resplendor de SUA Presença enche a Cidade de DEUS e estende-se para além das portas, inundando a Terra inteira com SEU Fulgor.
                               Mais próximos do Trono estão os que já foram zelosos na causa de satanás, mas que, arrancados como Tições do Fogo, seguiram seu SALVADOR com devoção profunda, intensa. Em seguida estão os que aperfeiçoaram um Caráter Cristão em meio de falsidade e incredulidade, os que Honraram a LEI de DEUS quando o mundo cristão a declarava nula, e os milhões de Todos os Séculos que se tornaram Mártires pela sua Fé. E além está a "multidão que ninguém podia enumerar, de Todas as nações, tribos, povos e línguas ... vestidos de Vestiduras Brancas, com palmas nas mãos". ( Apocalipse 7:9/ PALAVRA DE DEUS). Terminou sua luta, a Vitória está Ganha. Acabaram a carreira e Alcançaram o Prêmio. O ramo de palmas em suas mãos é um símbolo de seu Triunfo, as Vestes Brancas, um Emblema da Imaculada Justiça de CRISTO, a qual agora possuem.
                               Os Resgatados entoam um Cântico de Louvor que ecoa repetidas vezes pelas abóbadas do Céu: "Ao nosso DEUS que SE Assenta no Trono, e ao CORDEIRO, Pertence a Salvação." E Anjos e Serafins Unem Sua Voz em Adoração. Tendo os remidos contemplado o poder e malignidade de satanás, viram, como nunca dantes, que poder algum, a Não Ser o de CRISTO, poderia Tê-los Feito Vencedores.
                                Em toda aquela resplendente multidão ninguém há que atribua a Salvação a si mesmo, como se houvesse prevalecido pelo próprio poder e bondade. Nada se diz do que fizeram ou sofreram; antes, o motivo de cada Cântico, a nota fundamental de toda antífona, É--- "Ao nosso DEUS... e ao CORDEIRO, pertence a Salvação." ( Apocalipse 7:10/ PALAVRA DE DEUS).
                                Na presença dos habitantes da Terra e do Céu, reunidos, é efetuada a "Coroação Final do FILHO de DEUS." E agora, Investido de Majestade e Poder Supremos, o REI dos reis pronuncia a Sentença sobre os rebeldes contra SEU Governo, e Executa Justiça sobre aqueles que transgrediram SUA LEI e oprimiram SEU povo. Diz o Profeta de DEUS: "Vi um Grande Trono Branco e AQUELE que Nele SE Assenta, de cuja Presença fugiram a Terra e o Céu, e Não se achou lugar para eles. Vi também os mortos, os grandes e os pequenos, postos em pé diante do Trono. Então se Abriram Livros. Ainda Outro Livro, o Livro da Vida, foi Aberto. E os mortos foram Julgados, segundo as suas obras, conforme o que se acha Escrito nos Livros." ( Apocalipse 20:11,12/ PALAVRA DE DEUS).
                                 Logo que se Abrem os Livros de Registro e o Olhar de JESUS Incide sobre os ímpios, eles se tornam cônscios de todo pecado cometido. Vêem exatamente onde seus pés se desviaram do Caminho da Pureza e Santidade, precisamente até o orgulho e rebelião os levaram na violação da LEI de DEUS. As sedutoras tentações que acoroçoaram na condescendência com o pecado, as Bençãos pervertidas, as ondas de Misericórdia rebatidas pelo coração obstinado, impenitente--- tudo aparece como que escrito com letras de fogo.

                                 
                                             * Panorama do Grande Conflito

                                Por sobre o Trono se Revela a Cruz; e semelhante a uma vista panorâmica aparecem as cenas da tentação e queda de Adão, e os passos sucessivos no Grande Plano da Redenção. O humilde nascimento do SALVADOR; SUA infância de Simplicidade e Obediência; SEU Batismo no Jordão; o Jejum e tentação no deserto; SEU Ministério Público, Desvendando aos homens as mais preciosas Bençãos do Céu; os dias repletos de Atos de Amor e Misericórdia, SUAS noites de Oração e Vigília na solidão das montanhas; as tramas e invejas, ódio e maldade, com que eram retribuídos os SEUS Benefícios; a agonia terrível e misteriosa no Getsêmani, sob o peso esmagador dos pecados do mundo inteiro; SUA traição nas mãos da turba assassina; os tremendos acontecimentos daquela noite de horror--- o Prisioneiro que Não opunha resistência, abandonado por SEUS discípulos mais amados, rudemente tangido pelas ruas de Jerusalém; o FILHO de DEUS exultantemente exibido perante Anás, citado ao palácio do sumo sacerdote, ao tribunal de Pilatos, perante o covarde e cruel Herodes, escarnecido, insultado, torturado e condenado à morte--- Tudo É Vividamente esboçado.

                               E agora, perante a multidão agitada, revelam-se as Cenas Finais--- o Paciente Sofredor trilhando o Caminho do Calvário, o PRÍNCIPE do Céu suspenso na Cruz; os altivos sacerdotes e a plebe zombeteira a escarnecer de SUA agonia mortal, as trevas sobrenaturais; a Terra a palpitar, as pedras despedaçadas, as sepulturas abertas, assinalando o momento em que o REDENTOR do mundo rendeu a vida.
                               O terrível espetáculo aparece exatamente como foi. satanás, seus anjos e súditos não têm poder para se desviarem do quadro que é a sua obra. Cada ator relembra a parte que desempenhou. Herodes, matando as inocentes crianças de Belém, a fim de que pudesse destruir o REI de Israel; a vil Herodias, sobre cuja alma criminosa pesa o Sangue de João Batista; o fraco Pilatos, subserviente às circunstâncias; os soldados zombadores; os sacerdotes e príncipes, e a multidão furiosa que clamou: "O SEU Sangue Caia sobre nós e sobre nossos filhos!"--- todos contemplam a Eternidade de seu crime. Em vão procuram ocultar-se da Majestade Divina de SEU Rosto, mais Resplandecente que o Sol, enquanto os Remidos lançam Suas Coroas aos Pés do SALVADOR, exclamando: "ELE Morreu por mim!"
                               Entre a multidão resgatada acham-se os Apóstolos de CRISTO, o heróico Paulo, o amado e amante João, e seus fiéis irmãos, e com estes o vasto exército dos mártires, ao passo que, fora dos muros, com Tudo o que é vil e abominável, estão aqueles pelo quais foram perseguidos, presos e mortos. Ali está Nero, aquele monstro de crueldade e vício, contemplando a alegria e exaltação daqueles que torturara, e em cujas aflições mais extremas encontrara deleite satânico. Sua mãe ali está para testemunhar o resultado de sua própria obra; para ver como os maus traços de caráter transmitidos a seu filho, as paixões acoroçoadas e desenvolvidas por sua influência e exemplo, produziram frutos nos crimes que fizeram o mundo estremecer.
                                Ali estão sacerdotes e prelados romanistas, que pretendiam ser embaixadores de CRISTO e, no entanto, empregaram a tortura, a masmorra, a fogueira para dominar a consciência de seu povo. Ali estão os orgulhosos pontífices que se exaltaram acima de DEUS e pretenderam mudar a LEI do ALTÍSSIMO. Aqueles pretensos pais da igreja têm uma conta a prestar com DEUS, da qual muito desejariam livrar-se.
                                Demasiado tarde chegam a ver que o ONISCIENTE É Zeloso de SUA LEI, e que de nenhuma maneira terá por inocente o culpado. Aprendem agora que CRISTO Identifica SEU Interesse com o de SEU povo sofredor; e sentem a Força de SUAS PALAVRAS: "Em VERDADE vos Afirmo que sempre que o fizestes a Um Destes MEUS pequeninos irmãos, a MIM o fizestes." ( Mateus 25:40/PALAVRA DE DEUS)


                                           * À barra do Tribunal 

                               O mundo ímpio Todo acha-se em Julgamento perante o Tribunal de DEUS, acusado de alta traição contra o Governo do Céu. Ninguém há para pleitear sua causa; estão sem desculpa; e a sentença de morte Eterna É Pronunciada contra eles.
                               É agora evidente a Todos que o salário do pecado Não É nobre independência e Vida Eterna, mas escravidão, ruína e morte. Os ímpios vêem o que perderam em virtude de sua vida de rebeldia. O peso Eterno de Glória mui excelente foi desprezado quando lhes foi oferecido; mas quão desejável agora se mostra ! "Tudo isto", exclama a alma perdida, "eu poderia ter tido; mas preferi conservar essas coisas longe de mim. Oh, estranha presunção ! Troquei a Paz, a Felicidade e a Honra pela miséria, infâmia e desespero".
                               Todos vêem que sua exclusão do Céu é Justa. Por sua vida declararam: "Não queremos que este JESUS Reine sobre nós."
                                Como que extasiados, os ímpios Contemplaram a Coroação do FILHO de DEUS. Vêem em SUAS Mãos as Tábuas da LEI Divina, os estatutos que desprezaram e transgrediram. Testemunham o irromper de admiração, transportes e adoração por parte dos Salvos, e, ao propagar-se a onda de melodia sobre as multidões fora da cidade, todos, a uma, exclamam: "Grandes e Admiráveis são as TUAS Obras, SENHOR DEUS, TODO PODEROSO! Justos e Verdadeiros são os TEUS Caminhos, ó REI das Nações!" ( Apocalipse 15:3/PALAVRA DE DEUS), e, prostrando-se, adoram o PRÍNCIPE da VIDA.
                          

                           
                                    + igrejas.adventistas.org !


     Fiquem com DEUS e se ELE Permitir durante a semana tem + É DESSE JEITO !
                    

                        + Facebook         + Pinterest         + GloballShare    + Google Plus          + DEUS !