Verdadeiros Heróis - "História Real" (Parte 1/4)


                          Por meio dos TEUS Preceitos, consigo entendimento; por isso, detesto todo caminho de falsidade.
                       Lâmpada para os meus pés é a TUA PALAVRA e, Luz para os meus caminhos.
                      Jurei e confirmei o juramento de guardar os TEUS Retos Juízos.
                                     (Salmos 119: 104-106/PALAVRA de DEUS)


                Os Valdenses avaliavam os Princípios da Verdade acima de casas e terras, amigos, parentes e mesmo da própria vida. Desde a mais tenra infância eram ensinados a considerar os santos requisitos da Lei de DEUS. Eram raros os exemplares da BÍBLIA; portanto, suas preciosas palavras eram confiadas à memória. Muitos eram capazes de repetir longas porções tanto do Antigo quanto do Novo Testamento.
                   Eram educados desde a infância a suportar rudezas e a pensar e agir por si mesmos. Eram ensinados a suportar responsabilidades, a serem precavidos no falar e a compreenderem a Sabedoria do Silêncio. Uma palavra indiscreta que deixassem cair no ouvido de seus inimigos, poderia  pôr em perigo a vida de centenas de irmãos, pois, semelhantes a lobos à caça da presa, os inimigos da Verdade perseguiam os que ousavam reclamar liberdade para a fé religiosa.
               Os Valdenses labutavam com perseverante paciência para ganhar o pão. Cada recanto de terra cultivável entre as montanhas era cuidadosamente aproveitado. Economia e abnegação formavam parte da educação que os filhos recebiam. O processo era laborioso, mas salutar, precisamente o que o homem necessita em seu estado decaído. Aos jovens era ensinado que todas as suas capacidades pertenciam a DEUS, devendo estas ser desenvolvidas para o SEU serviço.


              As Igrejas Valdenses se assemelhavam à Igreja dos tempos apostólicos. Rejeitando a supremacia do papa e prelados, Mantinham a BÍBLIA como a Única Autoridade Infalível. Seus pastores, diferentes dos altivos sacerdotes de Roma, alimentavam o rebanho de DEUS, guiando-o às verdes pastagens e Fontes Vivas de SUA Santa PALAVRA. O povo congregava-se, não em igrejas suntuosas ou grandes catedrais, mas nos vales alpinos ou, em tempos de perigo, em alguma fortaleza rochosa, a fim de escutar as Palavras da Verdade proferidas pelos servos de CRISTO. Os pastores não apenas Pregavam o Evangelho; visitavam os enfermos e labutavam para promover harmonia e amor fraternal. Como Paulo, o fabricante de tendas, cada qual aprendia um ofício ou profissão, mediante a qual, sendo necessário, proveria o sustento próprio. 
            Os jovens recebiam instruções de seus pastores. A BÍBLIA era objeto do Estudo Principal. Os Evangelhos de Mateus e João eram confiados à memória, juntamente com muitas das epístolas.
            Mediante incansáveis labores, por vezes nas profundezas e escuridão das cavernas da Terra, à luz de tochas, eram copiadas as SAGRADAS ESCRITURAS, versículo por versículo. Anjos celestiais circundavam esses fiéis obreiros. 
                                                      
      Satanás incitara sacerdotes e prelados a enterrarem a PALAVRA da VERDADE sob a escória do erro e superstição. Mas de um modo maravilhoso ELA foi conservada incontaminada através de todos os séculos de trevas. Tal como a arca sobre as profundas águas encapeladas, a PALAVRA de DEUS leva de vencida os temporais que a ameaçam de destruição. Assim como a mina tem ricos veios de ouro e prata ocultos sob a superfície, as SAGRADAS ESCRITURAS têm Tesouros de Verdade que são revelados unicamente ao humilde e devoto pesquisador. DEUS designou que a BÍBLIA fosse um compêndio para toda a humanidade, uma Revelação de SI mesmo. Cada Nova Verdade divisada é uma Nova Revelação do Caráter de Seu Autor. 
          De suas escolas nas montanhas alguns dos jovens foram enviados a instituições de ensino na França ou Itália, onde havia campo mais vasto para o estudo do que nos Alpes. Os jovens assim enviados estavam expostos à tentação. Defrontavam-se com agentes satânicos, que queriam impor-lhes as mais sutis heresias e os mais perigosos enganos. Mas sua educação desde a meninice preparara-os para tudo isso.
           Nas escolas aonde iam, não deveriam fazer confidentes a quem quer que fosse. Suas vestes eram preparadas de maneira a ocultar seu máximo tesouro as ESCRITURAS. Sempre que podiam, cautelosamente punham uma porção ao alcance daqueles cujo coração parecia aberto à recepção da Verdade. Ganhavam-se conversos à Verdadeira Fé nessas instituições de ensino, e freqüentemente seus princípios permeavam toda a escola. Contudo, os chefes papais não conseguiam descobrir a fonte da assim chamada “heresia” corruptora. 

                                              Jovens treinados como Missionários


     Os Cristãos Valdenses sentiam solene responsabilidade no sentido de permitir que a sua luz brilhasse. Pelo poder da PALAVRA de DEUS procuravam romper o cativeiro que Roma havia imposto. Os ministros valdenses deviam servir três anos em algum campo missionário antes de assumir o encargo de uma igreja em seu país — introdução apropriada à vida pastoral naqueles tempos que punham à prova o caráter dos homens. Os jovens viam diante de si, não a perspectiva de riquezas e glórias terrestres, e sim trabalhos e perigos, e possivelmente o destino de mártir. Os missionários iam de dois em dois, como JESUS enviara SEUS discípulos
              Tornar conhecido o objetivo de sua missão seria assegurar a derrota. Cada ministro possuía conhecimento de algum ofício ou profissão e os missionários prosseguiam na obra sob a aparência de uma vocação secular, geralmente a de mercador ou vendedor ambulante. “Levavam sedas, jóias e outros artigos [...] e eram bem recebidos como negociantes onde teriam sido repelidos como missionários.” Levavam consigo secretamente exemplares da BÍBLIA, no todo ou em parte. Muitas vezes se despertava o interesse em Ler a PALAVRA de DEUS, e alguma porção era deixada com os que a desejavam receber. 
               Descalços e com vestes singelas e gastas na jornada, estes missionários passavam por grandes cidades e penetravam em longínquas terras. Surgiam igrejas em seu caminho, e o sangue dos mártires testemunhava da Verdade. Velada e silenciosa, a PALAVRA de DEUS tinha alegre recepção nos lares e corações dos homens. 
              Os Valdenses acreditavam que o fim de todas as coisas não estava muito distante. À medida que Estudavam a BÍBLIA, sentiam-se profundamente impressionados com o dever de tornar conhecidas a outros as suas Verdades Salvadoras. Encontravam conforto, esperança e paz crendo em JESUS. Ao a Luz alegrar-lhes o coração, anelavam derramar seus raios sobre os que se achavam nas trevas do erro papal. 
                 Sob a direção do papa e sacerdotes, multidões eram ensinadas a confiar nas boas obras para se salvarem. Estavam sempre a olhar para si mesmas, ocupando a mente com sua condição pecaminosa, afligindo o espírito e o corpo, não achando, contudo, alívio. Milhares passavam a vida nas celas dos conventos. Por meio de freqüentes jejuns e açoitamentos, por vigílias à meia-noite, prostrando-se sobre o chão frio e úmido, por longas peregrinações — perseguidos pelo temor da ira vingadora de deus — muitos continuavam a sofrer até que a natureza exausta se rendesse. Sem um resquício sequer de esperança, baixavam à sepultura.

                                               Pecadores encaminhados a CRISTO 

      Os Valdenses ansiavam por revelar a essas pessoas famintas as Mensagens de Paz das Promessas de DEUS e apontar-lhes a CRISTO como a Única Esperança de Salvação. Asseguravam que a doutrina de que as boas obras podem expiar a transgressão estava baseada sobre falsidade. Os Méritos de um SALVADOR Crucificado e Ressurreto são o Fundamento da Fé Cristã. A dependência de CRISTO deve ser tão íntima como a do membro para com o corpo, ou a do ramo para com a videira. 
            Os ensinos dos papas e sacerdotes haviam levado os homens a considerar a DEUS e até mesmo a CRISTO como severos e repelentes, e assim destituídos de simpatia para com o homem, de modo que devia ser invocada a mediação de sacerdotes e santos. Aqueles cuja mente havia sido iluminada, almejavam remover os obstáculos que Satanás havia acumulado, para que os homens pudessem ir diretamente a DEUS, confessando os pecados e obtendo perdão e paz.

                                       "Assim Diz o SENHOR"
                          Induzo o coração a guardar os TEUS Decretos, para sempre, até ao fim.
                             Aborreço a duplicidade, porém amo a TUA Lei.
                            TU és o meu refúgio e o meu escudo; na TUA PALAVRA, eu espero.
                             Apartai-vos de mim, malfeitores; quero guardar os Mandamentos do meu DEUS.
                                 (Salmos 119: 112-114/ESCRITURAS SAGRADAS) 

                   
                                                           

Nossa obra é ensinar homens e mulheres a edificar sobre uma base Verdadeira, a firmar os pés num claro: 

         Se você não fez ainda o Estudo BÍBLICO das Profecias de Daniel e Apocalipse (Preceito por Preceito), não perca mais tempo e faça já no nosso Blog É DESSE JEITO! Abaixo os links de Capítulo à Capítulo (Preceito por Preceito), é só Clicar:

                         *  O Livro de Daniel - "Introdução+"












                       






                                  
               É com muito prazer  amados Irmãos que venham convidá-los a conhecer a Loja: "A Vitrine do Bom Livro.Com"só lá você poderá adquirir o Especial "Kit 7 - Saúde Total". Aproveite !!! 

                     
imagem do Kit7- Saúde Total
                                                 É DESSE JEITO! "Descrição+"

         O ponto de vista defendido por alguns de que a Espiritualidade é prejudicial à Saúde, é sofisma de SatanásA Religião da BÍBLIA não é prejudicial à Saúde, seja do corpo ou da mente. A Influência do ESPÍRITO de DEUS é o Melhor Remédio para as doenças. O Céu é "Saúde Total".
        Os Verdadeiros Princípios do cristianismo abrem perante todos uma Fonte de Inestimável Felicidade. A Religião é um Manancial Contínuo de "Saúde Total", do qual o cristão pode beber à vontade e jamais secar a fonte.
       O "Kit 7 - Saúde Total", é + uma Valiosa contribuição às necessidades do mundo no domínio do Bem Estar Físico, Mental e Espiritual. Ele reconhece o que há de Verdadeiramente científico nas causas e no tratamento das enfermidades e dá forte ênfase à observância de tudo que se relacione com a prevenção de doenças. Sustentado por um "Assim Diz o SENHOR", cada página deste espetacular "Kit 7" contém Ensinamentos Divinos que vão proporcionar-lhes Qualidade de Vida e"Saúde Total".                         

                                            
                                         VERDADES Sustentadas por um "Assim Diz o SENHOR"